Os Aminoácidos de Cadeia Ramificada tem esse nome por 3 dos inúmeros aminoácidos presentes em nosso organismo, tal especificidade justifica-se pela estrutura molecular destes nutrientes.

É a junção de 3 aminoácidos essenciais de cadeia ramificada: a leucina, a isoleucina e a valina. Os aminoácidos são os principais componentes na síntese de proteína, se tornando fundamental para quem busca hipertrofia muscular.

Como ajuda na Hipertrofia

Retardo a fadiga

Aumenta a capacidade de treinamento, aumenta o tempo de treino resultando em estímulos mais eficientes.


Favorece a secreção de insulina

Hormônio anabólico que possui entre outras funções realizar o transporte de nutrientes para o interior da célula muscular.


Melhora a imunidade

O sistema imunológico fica favorecido e com isso desempenha melhor suas funções de proteção.


E até diminui o grau de lesão muscular induzido pelo exercício físico

Ocorre quando a síntese proteica muscular excede a degradação proteica muscular. Os exercícios de força possuem grande efeito sobre o metabolismo.

Com o exercício de força, acontece a melhora do balanço proteico muscular (síntese – degradação). Através da alimentação pode proporcionar condições para que este balanço continue positivo, pode aumentar a taxa de síntese proteica.

Isto acontece, pois a suplementação com BCAA promove aumento de aminoácidos, promove aumento do transporte dos mesmos para o interior da célula gerando assim estimulo mTor. A leucina no BCAA estimula ativação de vias de sinalização, podem responder pelo aumento da síntese proteica durante a fase inicial da recuperação pós-exercício.

Para quem é indicado:

O BCAA não é indicado para as pessoas que estão tentando perder peso, pois estimula a produção de insulina, que é um hormônio extremamente anabólico, por esse motivo não deve ser consumido por pessoas que buscam perda de peso. Mas atenção, não é um suplemento com alto teor calórico.

Já para quem busca a hipertrofia muscular, é frequentemente indicado. Pois possui um papel muito importante na recuperação de lesões musculares, formadas durante um treino de musculação.

Forma correta de ingerir:

No pós-treino, o BCAA, assim como qualquer outro aminoácido essencial, contribui para o aumento da na síntese proteica, recuperando e aumentando o músculo para o próximo treino. Melhorando os níveis plasmáticos de glutamina para a recuperação pós-treino.

No pré-treino acaba tornando o hormônio serotonina circulante na corrente sanguínea, diminuindo assim a percepção de esforço, contribuindo para o aumento de carga na musculação e melhorando a resistência no treino de endurance.

O mais indicado é tomar BCAA antes e ou durante um treinamento, isso vai aumentar o desempenho e retardar a fadiga. Tomar BCAA imediatamente após o treino irá diminuir o nível do cortisol (destruidor de massa muscular) e vai repor os níveis de BCAAs nos músculos mais rápido.

As recomendações nas informações são 2 cápsulas antes do treino e 2 cápsulas depois do treino. O ideal é tomar pelo menos 10g antes e 10g depois do treino.