Para saber mais sobre ômega 3 como tomar, sempre busque o aconselhamento de um profissional. Isso porque somente o nutricionista será capaz de apontar a quantidade ideal e também a melhor indicação do nutriente.

Lembrando sempre que é a necessidade do seu corpo que define as quantidades a serem tomadas, e não o contrário.

De modo geral, o Ministério da Saúde recomenda uma quantidade genérica de consumo diário, que varia de 1 a 3 gramas desse nutriente por dia. E o mais importante é sempre manter uma ingestão regular, de óleo de peixe/ômega 3 ou seja, ter disciplina na rotina de consumo, já que os efeitos são sentidos com o uso diário. Dessa forma, não ultrapasse a quantidade ideal.

É um ácido graxo essencial, um tipo de gordura poli-insaturada indispensável para o bom funcionamento do corpo. Como é um ácido essencial, ele não pode ser produzido pelo nosso corpo. Assim, a única maneira deter os seus benefícios é ingerindo através da alimentação.

Ele é um grande aliado para quem quer emagrecer. Além de gerar efeitos positivos para a saúde de um modo geral, reduzindo os níveis de LDL (colesterol ruim), também auxilia na melhora da ação da insulina.

Benefícios do Omega 3:

Auxilia o sistema cardiovascular.

Pode interferir diretamente na passagem normal de neurotransmissores (como a dopamina e a serotonina que estão ligados ao bem-estar), ajudando a pessoas com depressão.

É anti-inflamatório, ajudando a tratar a artrite reumatóide, que atinge as articulações e provoca muitas dores.

Auxilia na perda de gordura, visto que ele é capaz de reduzir a presença de proteínas responsáveis pela sensação de fome, e trata a inflamação no tecido adiposo.

Objetivos Ômega 3:

Para atingir o emagrecimento, o Omega 3 precisa ser utilizado com cuidado, para que a gordura excessiva aumente e não atinja o seu objetivo. Passando de um agente anti-inflamatório para um pró-inflamatório e podendo aumentar a resistência à insulina.

O ideal é sempre ter o auxílio de nutricionistas.