Algumas pessoas questionam o uso de suplementos em dias de descanso. Por razão dos valores dos produtos, e preferem não usar para economizar para dias que treinam, já que estariam utilizando a toa.

Apesar da lógica fazer sentido, não é o correto a se fazer caso a sua intenção seja a mudança do corpo.

Os dias sem treino têm efeito direto no seu desenvolvimento corporal.

Como nos dias de descanso o glicogênio é recuperado, assim como o sistema nervoso, é possível que a massa muscular aumente ainda mais nos dias de descanso.

Como o corpo continua funcionando e ainda com mais necessidade de sustentamento, precisando de nutrientes. E os suplementos trabalham para entregar esses nutrientes para o corpo.

Dias para consumo - suplementação:

Pré-treinos: Apenas antes do treino, como diz o nome, e só em dias de treino.

BCAAs, Leucina e outros aminoácidos: Depende do objetivo, caso seja somente evitar o catabolismo, deve-se utilizar apenas em dia de treino.

Caso deseje evitar catabolismo na dieta cutting, deve ser utilizado refeições, todos os dias.

Whey Protein: Caso queira complementar a proteína, utilize todos os dias, com ou sem treino, assim como outras proteínas em pó.

No caso dos Hipercalóricos, é o mesmo, porém irá complementar as calorias.

Óleo de peixe: Consuma todos os dias.

Cafeína: Para aumentar o desempenho do treino utilize em dia de treino,  Para ocorrer o aumento da velocidade do metabolismo ajudando na queima de gordura, tomando todos os dias.

Beta-alanina: Consuma todos os dias, por causa da saturação.

Multivitamínicos: Tome todos os dias.

Creatina: Para manter a saturação, consuma todos os dias.

Vitaminas isoladas: Ingira todos os dias.

Maltodextrina e Dextrose: Não devem ser ingeridos, pois possuem alto índice glicêmico, somente no pré ou pós treino.

Acompanhamento:

Diante às diferentes marcas, quantidades, dietas e treinos é necessário o acompanhamento de profissionais da área da saúde, como médicos ou nutricionistas.

Para que serve o descanso:

O descanso é necessário na hipertrofia e aumento de força muscular.

No repouso a oxigenação das células dos músculos melhora e muito, e isso ajuda a recuperação das fibras. Logo, é necessário descansar, variando de acordo com a intensidade do exercício, sendo descansos mais longos para treinos mais pesados, e mais curtos pra treinos mais leves.

O período da noite é essencial, pois durante o sono, o corpo produz o hormônio do crescimento, que é responsável pela melhora da regeneração muscular.

Se não houver repouso:

Deixar de descansar pode trazer prejuízos à saúde, por exemplo, a queda do rendimento nos treinos, já que os músculos não tiveram tempo para recuperação e não tem energia para suportar.

Em seguida, os atletas passarão por dores muito fortes, pois a musculatura não se desenvolverá, tendo problemas lesionais, inflamações e afins. Além de tudo, liberará o hormônio do estresse, deixando tanto o físico quanto a mente prejudicada.

O tempo necessário para descansar deve ser seguido, do contrário produz o efeito diferente, deixando o corpo mais fraco e doente.