O Whey Protein pode engordar assim como auxiliar no emagrecimento, seu principal efeito é o ganho de massa magra. E esta é a questão.

Pessoas que utilizam, mas não realizam atividades físicas, acabam engordando principalmente na barriga.

Mas caso se exercite, terá como queimar calorias, eliminar gordura e ganhar massa magra e, como resultado, ficar em forma e emagrecer.

Engordar com Whey, como proceder:

A recomendação de quantas gramas, como e quando tomar aparecem no rótulo do suplemento de proteínas, apesar de que, na maioria das vezes, leva em consideração os que fazem musculação.

Você pode tomar conforme o recomendado, isto é, 1 scoop em 300ml de água pela manhã e outro antes de dormir.

O Whey Protein Concentrado engorda mais do que os outros, pois contém carboidrato em sua fórmula.

Quero emagrecer com Whey, e agora:

Indica-se consumi-lo no café da manhã e no pós-treino. No café da manhã, pode ser misturado ao leite, iogurte, aveia, granola, etc.

Além do ganho de massa muscular o que resulta no gasto calórico, outra forma que a Whey Protein colabora para emagrecer, é em saciar e controlar o apetite. Portanto, se você malha e quer emagrecer, o indicado é comprar o Isolado ou Hidrolisado, pois a absorção de proteína ocorrerá bem mais rapidamente.

Quando sabemos nosso gasto calórico, elaboramos a nossa dieta, ficando mais fácil de chegar ao equilíbrio.

Mesmo se deseja ganhar músculos, emagrecer ou ambos. Equilíbrio, um bom treino e uma dieta bem elaborada e o Whey Protein irá beneficiar, pois não terá excessos e poderá ganhar ou perder peso com qualidade.

Como Tomar Whey Protein:

Muitos atletas tem dúvidas principalmente relacionadas ao tipo da Whey Protein e como tomar. Existem várias formas de consumo conforme objetivo, modalidade de esporte e estudo sobre biótipo de cada atleta. 

O mais comum é indicar o consumo após o treino, para manutenção e crescimento muscular.

O cálculo de consumo das proteínas deve ser feito principalmente quando o objetivo do atleta é aumentar a massa muscular, sendo que se não for consumido quantidade mínima, não haverá aumento de massa magra.

Se o atleta deseja aumentar massa magra junto a definição muscular, deve-se consumir uma proteína de alto absorção com filtragem Isolada ou Hidrolisada, onde se extrai toda lactose e gordura do produto.

Para pessoas magras pode-se indicar o Whey Protein Concentrado, que ajuda nos mesmos requisitos e é melhor para aumento de peso.

Todos derivados do Whey Protein já tem em sua composição L-Glutamina e BCAA, que podem também ser consumidos em paralelos quando se requer doses maiores.

Pode-se tomar Whey Protein até 3 vezes ao dia, sendo importante sempre uma próximo ao treino. O Whey Protein pode ser consumido por atletas de outras modalidades como atletismo, natação ou qualquer atividade que faça o corpo entrar em fadiga muscular. 

O whey protein é uma proteína extraída e filtrada do soro do leite, com todos os benefícios porém melhorad a qualidade de velocidade de absorção.

Este tipo de proteína não é indicada apenas para atletas, mas pode ser indicada o consumo de pessoas que nunca praticaram esportes, sendo consumo diário em doses menores.

Saiba tudo sobre a conhecida proteína Whey Protein

Com objetivos de um físico forte, bem definido, saudável e magro tem levado cada vez mais atletas a procurarem, é a proteína de alto valor biológico, isto é, rápida absorção pelo organismo.

Extraído da proteína do leite e depois filtrada, este suplemento é rico em aminoácidos essenciais para o desenvolvimento muscular.

Por ser uma fonte completa de proteínas, tem os benefícios de: rápida absorção e digestão, melhor resposta anabólica e resistência nos treinos, manutenção da massa muscular magra e ganho de massa muscular.

Com propriedades anti-catabólicas, mantém a saúde do sistema imunológico e, por ser de prático preparo, é facilmente acrescentada na dieta com shakes e receitas.

Tipos de Whey Protein:

Existem 3 tipos: isolada, concentrada e hidrolisada, sendo que cada uma passou por um processo de filtragem diferente, ficando assim com diferentes propriedades.

Isolada - Contém cerca de 90% de proteína em sua composição. É isenta de gordura e possui menos de 1% de lactose, sendo o mais recomendado a quem possui intolerância ao leite e seus derivados, Apesar da pouca taxa de lactose, possui todas as vitaminas e minerais do leite. Sua digestão é considerada ótima.

Concentrada - Fornece de 29 a 89% de proteína. Por possuir baixo custo e processo de fabricação, é utilizado mais como aditivo alimentar. Por possuir níveis maiores de gordura e lactose, não é recomendado aos que possuem intolerância ao leite e seus derivados.

Hidrolisada - Por possuir proteínas menores, são bem melhores absorvidas pelo organismo. É o tipo recomendado para pessoas que têm intolerância e alergia a alguma proteína do leite.

Benefícios da Whey Protein na musculação:

Além de desenvolver e sustentar um físico forte, bem definido e magro, também possui propriedades em diversos tratamentos, tais como:

Controle de Peso – O consumo da proteína do leite fornece energia saudável e ajuda no controle da ingestão de alimentos nas refeições.

Diabetes - A proteína de soro de leite ajuda a controlar os níveis de glicose no sangue. Por ser benéfica para o controle de peso, costuma ser vantajosa principalmente aos diabéticos tipo 2.

Envelhecimento Saudável – Combinado com uma boa alimentação e atividades físicas regulares, a ingestão adequada da proteína do leite ajuda a manter os músculos fortes durante o envelhecimento.

Como Usar a proteína Whey Protein:

O ideal é misturar uma colher de sopa do suplemento a cerca de 300 ml de água ou leite e ingerir diariamente.

Cuidados:

Ao iniciar qualquer tipo de atividade física temos consequentemente o aumento de esforço e desgaste físico e normalmente o erro de não se suplementar corretamente pode causar a fadiga muscular.

Deve-se consumir quantidades adequadas de proteínas (na alimentação natural são carnes, ovos e leite e na suplementação são encontrados como whey protein, beef protein), vitaminas (onde o consumo de todas as vitaminas e sais minerais é quase impossível do consumo diário) e carboidratos (na alimentação natural são arroz, pão, massas e na suplementação são hipercalóricos, maltodextrina e dextrose). 

Por esse fato normalmente o atleta inicia a musculação e percebe que não obtém o aumento de massa magra esperado (músculos), onde é a falta principalmente das proteínas. 

Whey Protein e saúde: 

De forma alguma a whey protein poderia fazer mal e danos a nossa saúde. Obviamente que todos alimentos que o consumo seja abusivo, poderá sobrecarregar os órgão. Aliás, a Whey Protein é extraída do soro do leite, filtrada e extraída as suas impurezas.

Dose certa de consumir: 

Para atletas iniciantes pode-se indicar pelo menos uma dose após os treinos.

Para atletas intermediários para avançados seriam três doses durante o dia. Para avançados e dependendo dos cálculos entre peso do atleta.

Mulheres podem tomar Whey Protein:

Sim, podem e devem. Temos lançamento no mercado de whey protein feminino com aumento de Colágeno e Vitaminas que beneficiam pele e cabelo. Uma boa alimentação pode trazer um corpo sadio e com muita energia. 

Preço do Whey Protein:

O preço pode variar conforme o tipo de filtragem e quantidades de carboidratos adicionados à mesma.

Os consumidos devem tomar cuidados ao comprar este tipo de produto, por que pode ser enganado ou comprar pelo preço baixo e acabam comprando produtos com alto índice de carboidratos. Enfim, a pessoa que quer emagrecer acaba engordando. 

A whey protein indicada para não engordar é a de forma isolada ou hidrolisada, isto é, Whey Protein Isolada, como exemplo a VP2.

Outras whey como de forma concentradas, contém gorduras e normalmente carboidratos, sendo mais indicadas para quem quer mesmo aumento de massa magra.

A variedade de preço dessas proteínas pode ser de R$ 60,00 até R$ 210,00 em embalagem de mesmo tamanho. Por isso saiba, não existem proteínas baratas e sim misturadas.