O Whey Protein é um suplemento de extrema importância para a hipertrofia muscular. Mas além de consumir a melhor composição para seus objetivos e treinar firmemente, é necessário saber como tomar.

A combinação com outros suplementos, os horários que consome e a quantidade são quesitos que podem alterar totalmente a maneira que o suplemento faz efeito.

Como é obtido a partir do soro do leite de vaca, tem em sua composição aproximadamente 20% de whey e 80% de caseína.

Tomar após o treino é uma recomendação, pois o músculo se torna, digamos, uma esponja, que absorve todos os nutrientes. Assim, garante os aminoácidos e carboidratos para formar novas proteínas e regenerar o tecido muscular.

Diferença entre Concentrada, Isolada e Hidrolisada:

A diferença está nos processos.

A concentrada, por exemplo, pode conter entre 25 a 89% de proteínas, carboidratos (lactose) e lipídeos.

A hidrolisada, diante ao processo de hidrólise as proteínas se quebram em tamanhos menores, e facilita a digestão, pois são rapidamente e facilmente absorvidas.

Já a Isolada, por sua vez, passa por um processo de filtração tendo mais de 90% de proteínas, sendo mais pura e livre de gorduras e lactose.

Melhor Whey Protein:

Além de observar os horários e a composição, é necessário alinhar isso ao objetivo, biótipo e treino do atleta. Exemplos:

  • Objetivo: Definição: é recomendado que utilize o Whey Isolado, pois tem mais proteína e menos gordura. Lembrando que isso se aplica a aqueles que já malham a um tempo.
  • Objetivo: Aumento de massa muscular: utilize o Whey Hidrolisado, pois trará resultados rápidos.
  • Objetivo: Emagrecimento: Os Whey Hidrolisado e Isolado podem ser utilizados, pois possuem menor teor de gordura e carboidratos. Como possibilitam a digestão mais lenta, prolongam a sensação de saciedade.