Arginina - Suplementos

Para que serve Suplementos Arginina

Benefícios da L-Arginina:

Resistência, Recuperação e Aumento Muscular

O que é L-Arginina

Considerada um dos vinte aminoácidos que o nosso corpo absorve através das proteínas, a Arginina pode ser vista como um aminoácido semi-essencial ou básico, uma vez que o nosso organismo sintetiza uma boa quantidade deste aminoácido para suprir as demandas de todo o organismo.

Para que serve a L-Arginina ?

A Arginina é um suplemento alimentar que ajuda o corpo a manter as suas defesas imunológicas funcionando corretamente, além de auxiliar no combate ao crescimento de vários tumores.

Este suplemento, além de contribuir com as ações acima, também ajuda na perda de gordura corporal, no aumento da massa muscular e promove a melhora da resistência física, além de ajudar na recuperação dos músculos.

Como tomar a L-Arginina

Para fazer o uso correto do suplemento a base de Arginina, é importante que consulte um médico, para que ele possa indicar a dosagem mais adequada para você com base em dados como peso, idade e gênero.

Mas, no geral, recomenda-se a utilização de duas doses de Arginina por dia. A primeira dose pode ser tomada de manhã e a outra deve ser tomada após o treino físico.

Vale lembrar também que, no dia a dia, a Arginina pode ser consumida em outros alimentos, como o feijão.

Por isso, na hora de saber quanto de suplemento você deve tomar, o médico vai analisar também a sua alimentação para que a dose não acabe sendo elevada e dessa forma você não consiga alcançar o seu objetivo ao fazer uso deste suplemento alimentar.

Efeitos colaterais da L-Arginina

A maioria das pessoas não chegou a demonstrar efeitos com a utilização desse suplemento a curto prazo. Mas, se for mal administrado, com altas doses e em longo prazo, alguns efeitos colaterais podem aparecer com o tempo.

Dentre os principais efeitos colaterais ocasionados pelo uso incorreto do suplemento alimentar a base de Arginina, estão:

- Baixa pressão arterial em pessoas com insuficiência renal ou hepática;

- Diminuição do nível de potássio;

- Elevação dos níveis séricos de ureia;

- Não crescimento de massa magra.

Contraindicação L-Arginina

Um detalhe que é importante mencionar é que este suplemento não é indicado para pessoas com insuficiência renal, hepática, que já tenha sofrido um ataque cardíaco, ou que tenha diabetes.

Indivíduos que tenham problemas como herpes, azia forte, gastrite ou úlcera também não é recomendável a utilização do produto, uma vez que ele pode acabar agravando esses problemas.

Mulheres grávidas ou lactantes também devem evitar esse suplemento. Por isso, ressalta-se que antes de fazer uso deste produto, procure um médico e veja se está realmente apto a fazer uso deste suplemento alimentar.