Barras Energéticas

O consumo de barras diversas por esportistas e pessoas comuns que na correria do dia-a-dia encontraram uma maneira mais prática de se alimentar, aumenta a cada dia.

As Barras Energéticas são compostas por carboidratos de cadeia longa, menos fibrosas que as anteriores e ótimas para serem utilizadas durante e após o exercício.

Fácil absorção poupando parte do conteúdo muscular e diminuindo a fadiga. Para indivíduos que não fazem nenhuma atividade física, se torna um pouco calórica, com 280 calorias em média.

São ideais para quem segue uma rotina de exercícios, já que são compostas por um equilíbrio entre hidratos de carbono, gorduras e proteínas.

Benefícios das Barras Energéticas:

Praticidade:

Têm um formato pequeno e compacto. Assim são fáceis de transportar e de consumir em qualquer lugar a qualquer hora

Boa ingestão de calorias:

Consegue fornecer entre 200 a 300 calorias, aumentando os níveis naturais de energia.

Encontrados nas barras energéticas são ideias para aumentar a resistência e o vigor físico. São responsáveis por gerar energia no corpo

Fonte de proteínas:

Ajuda a proporcionar saciedade, a recuperar o músculo trabalhado, a eliminar as gorduras e a aumentar a massa muscular.

Fácil digestão:

São mais fáceis de digerir do que uma refeição sólida. São mais digeríveis, não pesando no estômago.

Quem deve consumir:

São destinados para atletas ou pessoas muito ativas, que exigem um consumo de calorias rápido para recuperar sua força.

Devemos lembrar que as barras devem fazer parte do cardápio como auxiliares e não como única fonte de carboidratos, proteínas e lipídios.

Este cardápio deve ser bem elaborado por nutricionistas, médicos ou outros profissionais da saúde, levando em conta a adequação das necessidades nutricionais individuais, os hábitos e as preferências e também as condições de cada treino.