Central de Atendimento: Loja Física Mauá Plaza Shopping: (11) 4541-2818(11) 97504-9487

Whey Protein

Whey Protein

Whey Protein: para que serve, como tomar e benefícios

Tomar proteina é crucial e obrigatório se você quiser aumentar sua massa muscular de forma rápida, mas não é qualquer proteina que podemos tomar, temos que tomar proteina isolada sem carboidratos. Existem muitos suplementos de Whey que tem mais carboidratos do que proteinas e o excesso de carboidratos engordam ao invés de queimar gorduras.

Tenham em mente que o preço varia muito de um suplemento de proteína para outro e nesse caso o barato sai caro lá na frente. Infelizmente proteinas isoladas e boas são caras e se você quiser levar seu treino a sério vai precisar comprar. Nossa recomendação é comprar a 3 Whey da Probiótica ou 100% Whey da Optimum Nutrition que custa aproximadamente R$ 140,00. Você até irá encontrar outras proteinas isoladas pela metade do preço, mas os resultados não serão os mesmos.

Tome um shake de proteína sempre após seu treino, se possível imediatamente, pois quando terminamos nosso treino é quando o corpo fica carente de vitaminas e proteínas para abastecer o gasto calórico realizado durante o treino, dessa forma seu Shake de Whey ganha muito mais potência. Tente tomar seu Whey o mais rápido possível depois de terminar seu treino.

Como tomar Whey Protein:

Simples, primeiramente temos que ter cuidado com a qualidade dos ovos que vamos ingerir, pois se o ovo não for bom ou muito barato temos o risco de pegar salmonela que é uma bactéria que pode nos causar muito mal e até levar a morte. Dessa forma nossa recomendação é gastar um pouco mais e comprar ovos de qualidade, como o ovo caipira que além de ser mais confiável tem ômega três o que aumenta mais ainda o nível de suplementação da sua dieta.

Por fim, acrescente um novo caipira junto com seu Whey Protein para potencializar ainda mais seu pós-treino. Parece besteira, mas o ovo ajuda também a controlar seu apetite e automaticamente reduz sua fome e ainda sim garante uma ótima recuperação muscular depois de um treino intenso.

A melhor Whey Protein que vai ajudar você a ganhar massa muscular rapidamente é a isolada, ou seja sem carboidratos nenhum. A proteina isolada é sempre a melhor opção e quanto menos carboidratos melhor será a absorção pelo organismo, melhor será a recuperação muscular e claro, maior será o ganho de massa magra.

Mas ntes mesmo que começar seu treinamento e dieta para ganhar massa tenha em mente que devemos ter muita disciplina e controle conosco mesmo para conseguir alcançar os resultados que queremos.

Primeiramente tenha um foco e se visualize como você quer que se corpo fique, sem essa imagem do como você quer ficar de nada adianta começar um treinamento sem saber pra onde está indo, temos que nos olhar no espelho e visualizar nosso corpo da forma que queremos ficar.

Essa forma de ver seu corpo como você quer que ele fique nos ajuda a criar motivação e força de vontade para alcançar os resultados que desejamos de forma mais rápida.

Como já dissemos acima, tomar proteina isolada após seu treino é obrigatório. Mesmo que seu treino não seja tão intenso tomar Whey Protein ajuda a controlar o apetite, pois ele inibibe a fome e ajuda também a queimar gorduras ruins do nosso corpor e substituir por novas calorias e novas gorduras que irão direto para nosso músculo. Tenham em mente que após um treino intenso nosso musculo entra em estado de anabolismo constante. Mas o que sigifica estado de anabolismo?

Estado de anabolismo é quando o musculo fica mais vulnerável e mais proprício a absorver vitaminas, proteinas e novas gorduras para ajudar na recuperação muscular. Por isso o pós-treino é tão importante, até mais importante que o pré-treino que é opcional e não obrigatório. O pré-treino somente ajuda a dar mais energia e aumentar a queima de gorduras do nosso corpo, mas isso não infuencia diretamente no ganho de massa muscular, o que importa mesmo é sua suplementação após seu treino e uma dieta balanceada.

Veja também como combinar bem o Whey Protein com outros suplementos

O Whey protein é um suplemento proteico normalmente feito a base da proteína extraída do soro do leite. São necessários dois mil litros de leite para conseguir retirar um quilo de soro do leite de boa qualidade. O Whey Protein também possui aminoácidos como: leucina, isoleucina e valina (BCAA), glutamina e arginina.

Este tipo de suplemento é utilizado para o ganho de massa muscular, ou para uma alimentação saudável. Isto porque suas proteínas de alto valor biológico contribuem para a reparação do músculo, que sofre micro lesões durante a prática de exercícios. Com a ajuda da proteína do Whey Protein a fibra muscular é reparada e fica maior e mais forte.

Benefícios do Whey Protein

Ajuda a ganhar massa muscular: whey é uma magnífica fonte de proteínas, pois apresenta um perfil de aminoácidos que a torna a melhor proteína disponível quando o assunto é hipertrofia.

Diversos estudos já comprovaram que o Whey Protein contribui para o aumento de massa muscular. Isto ocorre porque ele possui proteínas de alto valor biológico, composta por boa quantidade de BCAA's (aminoácidos de cadeia ramificada) que ajudam a reparar os músculos que sofreram micro lesões devido à prática de exercícios, tornando-os maiores e mais fortes.

Além disto, na falta de carboidratos, esses aminoácidos são a primeira fonte de energia muscular, pois são os únicos que podem ser convertidos, dentro do próprio músculo, na principal fonte de energia, o carboidrato. Entre os BCAA's, o de maior importância é a leucina, principal responsável pelo aumento do tamanho do músculo.

É importante destacar que o suplemento só será um aliado no ganho de massa muscular se a pessoa praticar atividades físicas e manter uma alimentação balanceada.

Controla a pressão arterial: Uma pesquisa realizada pela Washintong State University com 71 homens e mulheres descobriu que o consumo de Whey Protein ajuda a controlar a pressão arterial. O possível mecanismo é a supressora da angiotensina. Uma pesquisa realizada pela Universidade Médica de Bialystok (Polônia) também confirmou essa colocação. Contudo, ainda são necessárias mais

Controla o colesterol: As pesquisas ainda são controversas sobre se o Whey Protein de fato ajuda a reduzir o colesterol ruim, LDL. Alguns estudos preliminares mostraram que não houve diferença, enquanto outros, inclusive um divulgado no British Journal of Nutrition, concluíram que o suplemento ajuda a reduzir o colesterol ruim, LDL.

Controla a glicose: Uma pesquisa publicada no The British Journal of Nutrition observou que o consumo de Whey Protein ajuda a controlar os níveis de glicose em pessoas com sobrepeso ou obesidade. Um estudo mais recente, conduzido em 2016 e publicado na revista Nutrients confirmou essa relação. Porém, mais estudos ainda são necessários para comprovar este benefício.

Como consumir Whey Protein

No caso de pessoas que praticam atividades físicas, o Whey Protein deve ser ingerido após os treinos, onde o principal objetivo é realizar a manutenção das fibras musculares.

Não é necessário consumi-lo em dias que não irá treinar. O Whey Protein não deve substituir uma refeição principal, em alguns casos ele até pode ser consumido no lugar de um lanche, mas é bom que tenha a adição de fibras, como linhaça e chia. No entanto, essa adição de fibras não é indicada para quem buscar hipertrofia muscular. O Whey Protein pode ser ingerido com água, sucos e vitaminas, fontes de carboidrato.

Whey protein engorda ou não

O excesso de Whey Protein também pode engordar, por isso é importante consumir a quantidade adequada de acordo com o peso, idade e intensidade de exercícios diária.

Quantidade recomendada

A quantidade de Whey Protein que deve ser ingerida diariamente varia de acordo com a necessidade de cada um e tratamento que está fazendo. Não existe recomendação para o consumo diário de Whey Protein, nem para pessoas saudáveis e nem para atletas.

Cuidados ao consumir

Pessoas que ingerem o Whey Protein devem aumentar o consumo de água para não sobrecarregar os rins. Além disso, é importante manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios regularmente para obter os resultados desejados. Este suplemento quando consumido em quantidades corretas não contribui para o acúmulo de gorduras.

É importante adquirir o Whey Protein de uma empresa regulamentada pela ANVISA. As melhores versões deste suplemento são aquelas com 80% a 90% de concentração proteica. Para descobrir esse valor, divida a quantidade de proteína da porção, informada na tabela nutricional pela porção. Por exemplo, 24 gramas de proteína dividido por 30 gramas da porção é igual a 0,8, ou seja, o a concentração proteica é 80%.

Pessoas com alergia à proteína do leite ou intolerância à lactose devem consumir os suplementos proteicos de arroz, carne ou soja. Para os veganos são orientados os suplementos de proteínas de soja e arroz. No caso de quem tem intolerância à lactose o Whey Protein hidrolisado também é uma alternativa.

O suplemento só pode ser ingerido após a orientação de um médico especializado ou de um nutricionista, educadores físicos não são os profissionais mais adequados para prescrever o consumo deste suplemento.

Riscos ao ingerir em excesso

Caso seja ingerido em excesso o Whey Protein pode sobrecarregar os rins. Como os rins eliminam os produtos do metabolismo da proteína (como a ureia, a amônia, os resíduos nitrogenados), seu consumo elevado pode sobrecarregar o órgão, fazendo com que a função renal seja prejudicada progressivamente. Também pode haver sobrecarga do fígado, por ser o órgão responsável pela metabolização de aminoácidos.

Combinações

Após um treino extenuante, a glutamina pode ser ingerida em combinação com o Whey Protein a fim de ajudar na manutenção e crescimento celular. O BCAA também pode ser consumido porque ajuda na recuperação muscular, redução de fadiga central, melhora da imunidade e diminuição do grau de lesão muscular induzido pelo exercício físico. Mas lembre-se que o whey protein isolado também já contém uma pequena quantidade deste aminoácido.

Caso o suplemento faça parte de um lanche, ele pode ser combinado a linhaça, chia, aveia ou uma fruta que tenha baixo índice glicêmico.

Diversos estudos já comprovaram que o Whey Protein contribui para o aumento de massa muscular. Isto ocorre porque ele possui proteínas de alto valor biológico, composta por boa quantidade de BCAA's (aminoácidos de cadeia ramificada) que ajudam a reparar os músculos que sofreram microlesões devido à prática de exercícios, tornando-os maiores e mais fortes.

Além disto, na falta de carboidratos, esses aminoácidos são a primeira fonte de energia muscular, pois são os únicos que podem ser convertidos, dentro do próprio músculo, na principal fonte de energia, o carboidrato. Entre os BCAA's, o de maior importância é a leucina, principal responsável pelo aumento do tamanho do músculo.

Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5

Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5